Arquivo da tag: autoestima

Dança da Noite

Como disse Vinícius de Moraes, “a vida é a arte do encontro”, mas o que nós, mulheres, e também os homens fazemos antes desse encontro? Quais os rituais – alucinados – de preparação que consomem horas de cuidados e agonia? Em um texto bem humorado, a consultora comportamental Rita Rostirolla fala sobre os encontros e a dança, quase um ritual de conquista: “Assim como também acontece com aquela que nem se produziu tanto, mas teve autoestima suficiente para se olhar no espelho e também se achar o máximo sem passar horas na frente do espelho sem saber o que usar, pois é objetiva e já sabe o que vestir sem medo. No final, independente do processo, todos encontram seu par para a dança da noite… Basta querer!”

Fui demitida. E agora?

Momento difícil, a demissão desestrutura qualquer pessoa. É um período de medo, dúvidas e insegurança mas que requer maturidade e autoestima do profissional. Em sua coluna deste mês, a psicóloga e gerente de recursos humanos Andrea Kuzuyama dá dicas de como enfrentar a fase: “Tenho acompanhado ao longo de minha carreira que poucas situações causam tanto desconforto nos profissionais quanto a demissão, como bem retrata o filme “Amor sem Escalas”, do diretor Jason Reitman. Tentativas de argumentos ou meros desabafos pessoais referentes às dívidas, responsabilidade de sustento da família e outros tantos problemas são comuns e podem chegar até a ofensas e agressões contra o agente demissor ou ao patrimônio da empresa”. Vale a pena conferir!

Fui demitida: e agora?

Uma situação muito complicada e delicada, mas pela qual quase todo mundo já passou ou vai passar: a demissão. Pode parecer estranho, mas até na hora de ser demitido deve-se ser profissional e encarar a coisa como parte do jogo. Na coluna deste mês, a colunista e gerente de RH Andréa Kuzuyama fala sobre esse momento difícil e dá algumas dicas de como encarar a situação de cabeça erguida.

Tratamento uroginecológico. O que é isso?

Problemas na bexiga, na vagina, no útero são vividos pelas mulheres, porém, pouco falados. Comuns para a maioria das mulheres,  não são tratados como enfermidade que levam até a perda da autoestima, vergonha e isolamento social. Saiba mais na estreia da ginecologista Dra. Annic Teixeira Carvalho.