Arquivos mensais: março 2010

Checklist Noivas no Espaço Be

Neste último domingo, 28 de março, levamos as nossas lingeries para passear num megasalão de São Paulo,  o Espaço Be, localizado no bairro de Santana. Além de contar com salas privativas e impecáveis para a realização do ‘inesquecível’ Dia da Noiva, o lugar conta com áreas inusitadas e reservadas para a realização de encontros ocasionais de grupos fechados, como os de empresários, em aclamados ‘clubes do uísque’.  Mas, deixando os ‘clubes do bolinha’ para lá, vamos ao que realmente interessa: encontro de noivinhas! 

Nesta edição do Checklist Noivas, o Espaço Be apresentou as novas tendências de cabelo e maquiagem para noivas

O Espaço Be é ‘maravilhoso’ e requintado. Decorado com extremo bom gosto e com salas especiais para diferentes necessidades, reúne atrativos para diferentes perfis de clientes: pode-se fazer os tradicionais e cotidianos tratamentos de beleza, testar as novidades trazidas dos principais centros de referência do mundo ou desfrutar do mais puro ‘êxtase’ do relaxamento nas aconchegantes salas de massagens com ofurôs. 

Voltando…no último final de semana, o evento realizado no espaço foi dedicado exclusivamente às noivinhas, com casamentos marcados para 2010 e 2011, aficcionadas por novidades para o grande dia. Entre os lançamentos: O Espaço Be apresentou as mais novas tendências de maquiagem e cabelo para noivas e madrinhas em um desfile super bacana. Mais uma vez o ‘chá-de-lingerie’ realmente mostrou que veio para ficar e já está substituindo os chás mais tradicionais, sem contar que a escolha dos itens, a montagem da lista e o envio dos convites podem ser feitos pela Internet, com inúmeras vantagens, inclusive, de bônus especiais para as noivas. 

Casadas há alguns anos com maridos diferentes, ‘claro!!!!’, ficamos impressionadas com a gama de novos serviços para casamento. No quesito ‘decoração’, flores, enfeites, tecidos e adornos ganham efeitos especiais graças aos criativos  jogos de luminotécnica. Músicos criam performances inusitadas e causam frisson na apresentação dos tradicionais repertórios.  Sem contar nos coquetéis coloridos e saborosos cuidadosamente elaborados pelos ‘barmen’.  

Decoração, realizada pela Luz & Arte, mostra que o requinte do branco continua em alta

  

Vale a pena ficar antenada e conferir as próximas edições do Checklist Noivas. Para saber mais: http://www.checklistnoivas.com.br/home.php

Comprar lingerie pela Internet? Siiiim, é possível não errar no tamanho

Fala sério, todas nós já passamos por esta situação: comprar uma roupa de um tamanho em uma loja e, em outra, de outro tamanho, menor ou maior…

Como é possível usar M de uma marca e GG da outra? Apesar de ridículo, isso é muuuuito comum no Brasil, pelo simples fato de que não existe padronização de tamanhos. Fica a Deus dará… Cada empresa faz o que quer e a gente, como sempre, “paga o pato”. Nunca sabemos qual vai ser o caimento daquele determinado modelito na gente, se não experimentarmos, ou, pior ainda, como vai ficar na pessoa que vai ganhá-lo de presente.

Essa falta de padrão é tão séria que chega a ter reflexos até no que diz respeito à venda pela Internet. De acordo com o 21º WebShoppers, relatório apresentado hoje pela e-bit – empresa especializada em informações de e-commerce -, apesar de as vendas pela web terem gerado um faturamento de R$ 10,6 bilhões no ano passado, a categoria “Vestuário e Acessórios” ficou responsável por apenas 3% desse total. E o motivo? Segundo Pedro Guasti, diretor geral do e-bit, “o setor precisa desenvolver padronização!”.

Enquanto isso não acontece, porém, a loja Clube da Calcinha (http://www.lojaclubedacalcinha.com.br/) ajuda as consumidoras a identificar o tamanho correto do próprio sutiã. Como? Por trabalhar com três marcas diferentes (Liz, Hope e Valisère), disponibiliza, na home da loja, um link que apresenta as medidas adotadas por cada marca e o tamanho de sutiã associado a cada medida (http://www.lojaclubedacalcinha.com.br/bse_paginas_exibir.asp?id=4). Basta conferir as tabelinhas e medir o próprio corpo… Fora isso, na descrição de cada peça, sempre há uma explicação sobre os efeitos dela no corpo e para que tipo de silhueta é mais indicada. Informação completa, para comprar certo… É o mínimo que nós, mulheres, merecemos.

O sutiã, ou a falta dele, virou assunto. Finalmente…

Como somos doidas por lingerie e sabemos exatamente o poder que calcinhas e sutiãs têm (quando são usados corretamente – ou não!), A-DO-RA-MOS a reportagem que o Fantástico exibiu ontem sobre a primeira-dama da França, Carla Bruni. Em um jantar de gala, para recepcionar o presidente da Rússia, ela vestiu um vestido maravilhoso… sem sutiã. E quanta polêmica isso gerou! Que bom, porque, finalmente, deram a devida importância a essas peças tão essenciais nas nossas vidas.

Como uma entrevistada disse, ela tem os seios pequenos (o que minimiza o problema!), mas que prejudicou a elegância da produção, ah, isso prejudicou – e muito. Se ela tivesse usado o sutiã realce alças removíveis (ref. 51249), da Liz, por exemplo, ela resolveria todos os problemas (aumentaria, levantaria e aproximaria os seios, sem marcar na roupa) e ninguém ia ficar fazendo reportagem sobre isso.

É o que disse a consultora de moda Gloria Kalil, na reportagem: “A indústria, tanto no Brasil como na França, tem vários recursos de sutiã para todo tipo de decote. Então, esse negócio de dizer ‘Eu não usei calcinha ou sutiã porque marcava no vestido ‘ não é nada. Não usou porque não quis”.

Se você não viu a reportagem, veja: http://www.youtube.com/watch?v=7X9ZG0J4udU. Depois, deixe seu comentário aqui.

E a vencedora da promoção é…

Promessa é dívida, por isso, cá estamos nós para contar quem foi a vencedora da promoção “Por que você é doida por lingerie?”.

Antes disso, porém, precisamos dizer que ficamos suuuuuperfelizes com as inúmeras frases que recebemos e, principalmente, com o fato de termos notado que, na maioria delas, as mulheres mostraram entender que essas peças tão básicas do dia-a-dia podem – e devem! – fazer toda a diferença.

E vamos à felizarda: Helen de Almada Zepelim, autora da frase “A lingerie traduz muito da minha personalidade, meus sonhos e minhas loucuras! Como não ser doida por peças tão íntimas que possuem o poder de guardar tantos segredos e revelar tantos outros?! Eu enlouqueço por elas e elas enlouquecem meu amor por mim!”.

Para as demais, um recadinho: em breve, tem mais promoção - e o prêmio será sensacional. Acompanhem, porque vocês vão adorar!

Mulheres reais e belas do jeitinho que são

Tudo começou com a campanha da Dove, que trazia mulheres reais nas peças publicitárias da marca. Agora é a vez da lingerie abusar dessa linguagem para falar diretamente com seu público-alvo, afinal, qual a mortal que usa os descomunais PPPPPs????

Essa semana saiu em todos os jornais e sites de notícias a estratégia de marketing da marca britânica Bravíssimo, que resolveu garimpar as modelos entre suas consumidoras. Famosa por atender mulheres em busca de sutiãs para seios maiores, a empresa decidiu enviar um ‘e-mail convite’ para que as clientes se candidatassem ao casting. Deu super certo: foram seiscentas mulheres cadastradas, sendo que quarenta foram selecionadas para os testes. Ao final, anônimas, que atuam como analistas de negócios ou produtoras de internet, curtiram os flashes de verdadeiras ‘angels’.

Mas, por aqui, a marca Clube da Calcinha também investe na beleza real. No ínicio do ano, a marca lançou seu e-commerce com diversos modelos destinados às mulheres de diferentes perfis: muito magras ou gordinhas. Com tamanhos especiais, a loja atende o público plus size, com tamanhos especiais (GG e EG). Além disso, todas as peças tem um descritivo que orienta sobre os modelos de sutiã mais adequados para determinado biótipo físico.  

Evidenciando a beleza real e na medida certa, ou seja, a alcançável, a campanha do www.lojaclubedacalcinha.com.br reuniu um clube de meninas de bem com a vida!